Rotary RJ Ilha do Governador

O Rotary Faz a Diferença

O Governador Realizador de “Sonhos”, José Roberto Lebeis Pires, D4570, promoveu com grande sucesso no último final de semana, o Seminário Distrital de Alfabetização. O evento aconteceu no Auditório Marina Mota, da UNISUAM, e contou com a presença de cerca de 150 pessoas, entre elas autoridades  estaduais, municipais e rotárias.

O programa, em parceria com a ONG VIVA RIO, teve a participação de 13 unidades rotárias, que apadrinharam Salas, para a realização das aulas, além do apoio da Sociedade Universitária Augusto da Mota (Unisuam). Durante o período de seis meses, 256 pessoas de diversas comunidades do “Grande Rio”, foram alfabetizadas pelo Projeto do Distrito 4570.

“Foi um trabalho incansável, de toda nossa equipe, da Governadoria e dos clubes que apadrinharam e acompanharam o programa. Mas, estamos felizes, em ver uma grande luta vencida. Num cenário mundial de 8 milhões de analfabetos, onde cerca de 2/3 são mulheres, conseguimos reduzir este índice, proporcionando a estas pessoas humildes, muitas com idade avançada, enxergar um novo horizonte em suas vidas, com o aprendizado da escrita e da leitura”, enfatizou a Coordenadora Distrital de Alfabetização, Diva Esteves Moreira da Silva.

O evento foi marcado de grandes emoções, principalmente quando as pessoas alfabetizadas, começaram a apresentar os seus depoimentos com relação às dificuldades do aprendizado em suas vidas e, agora com o apoio do Rotary e as pessoas envolvidas no projeto, tiveram seus “Sonho” realizado, o de ler e escrever.

Agora eu não precisarei mais pedir ao meu marido para ler uma palavrinha para mim -, afirmou Inácia Luzia. Eu também tenho o direito de aprender. Um dia voltarei aqui e vou ler um Poema escrito por mim -, prometeu Sergio Roberto, da comunidade da Mangueira.Vários outros depoimentos foram dados ao público presente que não contiveram as lágrimas.

Segundo o Governador do Distrito, José Roberto Lebeis Pires, o programa é muito importante para o Distrito, pois está conseguido atender uma das importantes “Ênfases“ do Presidente D. K. Lee, pautado numa das metas de Rotary International, a erradicação do analfabetismo no mundo. “Estou muito feliz e emocionado. Primeiro, por ter conseguido juntamente com esta equipe de abnegados rotarianos de nosso Distrito, a conclusão deste maravilhoso e significativo programa, que só vem engrandecer nosso Distrito e, muito emocionado, em ver a felicidade destas pessoas que hoje, deram seus depoimentos de agradecimento aos clubes de Rotary que apadrinharam e incentivaram este programa, aos professores e coordenadores, que lhes proporcionaram uma nova maneira de ver a vida”, disse José Roberto Lebeis Pires.

Fonte: Coordenadoria Distrital de Notícias Online

Enviado por Luiz Carlos em Qua, 18/03/2009 - 16:31 , em

Dois clubes coreanos mostraram como a meta de desenvolvimento do quadro social estabelecida pelo presidente do RI, Dong Kurn Lee, pode ser alcançada.

Os Rotary Clubs de Gwangju-Ibseog e Iri Dong conduziram atividades com o objetivo de divulgar o Rotary a sócios potenciais, especialmente aos mais jovens. Ambos excederam suas metas de recrutamento para 2007-08.

O Rotary Club de Gwangju-Ibseog passou de 69 sócios a 132. O presidente do clube, Sang Kwon Kim, enfatizou em toda reunião ordinária durante 2007-08 a importância de se recrutar novos sócios, solicitando aos rotarianos que procurassem divulgar o Rotary em outras organizações e grupos dos quais fazem parte. Sócios que apresentaram três ou mais novos sócios receberam um reconhecimento especial. O clube procurou também atrair sócios potenciais mais jovens organizando torneios de golfe, caminhadas e encontros informais após as reuniões semanais.  

O Rotary Club de Iri Dong aumentou de112 para152 o número de sócios em 2007-08 após criar comissões dedicadas a realizar eventos de golfe, futebol, caminhada, etc., e outras atividades de companheirismo. "Não é fácil administrar um clube com tantos sócios, contudo, com a ajuda dos demais Rotarianos, aprendemos a nos adaptar. 

Foi um ano muito recompensador.", declarou Kim, presidente do Rotary Club de Gwangju-Ibseog. O presidente Lee deseja aumentar o quadro social do RI de 1,2 para 1,3 milhão em 2008-09.

Eis um exemplo de "tática" a seguir. É a primeira vez que vejo em Rotary esta idéia ser difundida com resultados sensacionais. Estou satisfeito por verificar que esta questão começa a ser abordada de uma forma diferente e enquadrada no novo momento que Rotary está a atravessar em todo o mundo. É viável desde que todas unidades rotárias, em todas as reuniões, foquem o tema como prioridade e estabeleçam metas individuais de 1(um)  novo sócio para cada rotariano; que nenhum companheiro fique sem afilhados e que os padrinhos solicitem dos seus afilhados novos companheiros.

RI premiará o padrinho número 100.000 da América Latina com uma viagem para a Convenção internacional em Birmingham ou para o Instituto Rotary Brasil, em Gramado.

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 12/03/2009 - 19:20 , em
A Rotariana Deneka Michaud, de 26 anos, está rodando seu primeiro documentário sobre sua experiência em um Intercâmbio de Grupo de Estudo – IGE, patrocinado Rotary Club of Tsawwassen (Delta), de British Columbia, Canada.

Junto com outras quatro mulheres canadenses, Michaud, uma reporter e produtora da Delta Cable, do Canadá, foi ecolhida para viajar à Tanzânia no outono de 2007. Ela levou uma câmera e outros equipamentos para documentar a experiência.

Michaud, que passou a integrar o Rotary Club of North Vancouver depois de seu retorno do intercâmbio, disse que antes da viagem ela já tinha uma idéia geral de como deveria ser o filme, quais faixas características da vida na Tanzânia deveria abordar, tais como imagens da natureza e da vida selvagem, além de vários projetos de Rotary Clubes.

A equipe incluiu Erin Robinson, uma gerente de programa de microfinanças; Shannon Thompson, uma gerente de recrutamento; Jennifer Wesman, uma coordenadora de programa de alfabetização, que recentemente passou a fazer parte do Rotary Clube of Vancouver Quadra; e a líder da equipe Nancy Nikolai, do Rotary Club of NewWestminster-Royal City. Juntas, elas puderam ver vários projetos em ação e identificaram três deles, aos quais deram forte apoio: o Ocean Road Center Institute e uma escola primária para crianças surdas e cegas em Dar es Salaam, e o projeto sobre alfabetização intitulado Tusome, em Zanzibar.

O grupo estabeleceu uma meta de levantar 15,000 dolares canadenses (cerca de 11,500 dólares americanos) para os projetos. Vários Rotary Clubes canadenses e tanzanianos contribuíram com cerca de dois terços da quantia definida como meta.

“O que realmente não esperávamos era encontrar pessoas tão incríveis quanto encontramos. Conhecendo os Rotarianos canadenses como eu conhecia, sabia que os Rotarianos tanzanianos seriam pessoas muito agradáveis, mas quando eles te abraçam, você realmente estabelece uma conexão com eles,” disse Michaud.

 Bryan Kelly, coordenador da Comissão de Imagem Pública do clube Tsawwassen(Delta)  disse: “Estas mulheres são excepcionais. Quando elas chegaram e se apresentaram a nosso Clube, ficamos despreocupados.”

Michuad disse ainda, que espera levanter o restante do dinheiro necessário, com a ajuda de seu documentário Friends We Haven’t Met Yet.

“No documentário, existe alguma coisa para cada um,” disse ela. “Os Rotarianos irão apreciá-lo: Eles aprenderão mais sobre Rotary. As pessoas que nada sabem sobre Rotary também o apreciarão: Ele explica o que é Rotary. E as pessoas que gostam de história, natureza e viagem também o amarão.”

O filme de 105 minutos foi apresentado pela primeira vez em 28 de fevereiro no cine Vancity, em Vancouver. O documentário irá ao ar nos próximos meses pela Delta Cable no Canadá.

O trailer do documentário pode ser visto abaixo, ou aqui.

Enviado por Luiz Carlos em Qua, 11/03/2009 - 12:18 , em

  No último dia 7 de fevereiro do corrente ano o Rotary RJ Ilha do Governador desenvolveu junto à comunidade da Ilha do Governador campanha destinada a distribuição de cartilha sobre DIREÇÃO DEFENSIVA, com foco em motoristas e pedestres. Junto com a cartilha foi distribuído à população insulana um folder intitulado O que é Rotary?

  A campanha ocorreu em pontos principais da Ilha do Governador, com grupos formados por Rotarianos, suas esposas e voluntários. Os pontos escolhidos foram aqueles de maior tráfego na Ilha do Governador: cruzamento das ruas Cambaúba com República Árabe da Síria, no Jardim Guanabara; estrada do Cacuia, no Cacuia; Cocotá e Ribeira.

Foi grande o sucesso alcançado com esta iniciativa, tendo os motoristas e pedestres que trafegavam pelos pontos de distribuição mostrado satisfação com a iniciativa do Rotary RJ Ilha do Governador.

O Rotary RJ Ilha do Governador destaca e agradece a correspondência recebida de seu Associado Honorário José Moutinho Duarte, ex-Governador do Distrito 4570 de Rotary International, que vai abaixo transcrita.

CLUBE EXEMPLAR

Manhã de sábado, 07 de fevereiro, no centro mais movimentado da Ilha do Governador, sob um sol causticante, tivemos a alegria de testemunhar um grupo de casais do grande RC Ilha do Governador, desenvolvendo um programa do seu Plano de Atividades do corrente ano, distribuindo aos motoristas e pedestres, um bem elaborado folheto - DIREÇÃO DEFENSIVA - Rotary Club Ilha do Governador - juntamente com outro - O que é Rotary? O trabalho exemplar daqueles companheiros que não perderam o entusiasmo por sua associação ao Ideal de Servir, continuando por mais de 40 anos desenvolvendo o nosso Objetivo servindo à sua comunidade, nos encheu de orgulho ao nos sentirmos parate desta nossa instituição.

Um abraço,

José M. Duarte

Associado Honorário do RC Ilha do Governador

Obrigado Governador Duarte!!!

Enviado por Luiz Carlos em Dom, 08/03/2009 - 21:31 , em

Travis Griggs apresenta matéria no site pnj.com, datada de 26/02/2009, tratando da aplicação do Cantonment Rotary Club em cuidados com idosos. O texto destaca o seguinte.

Donna Jacobi sempre quis ser uma enfermeira. Porém, depois aproveitar as férias colegiais de verão cuidando de residentes na Escambia County Nursing Home, ele concluiu que desejava mais do que isto.

“Eu estive lá e vi uma grande quantidade de pessoas idosas que estavam doentes, e não vi nenhum médico para conversar com eles e atendê-los. Foi quando conclui que poderia fazer mais do que as enfermeiras são capazes", disse Jacobi.

Jacobi retornou para a escola com a finalidade de obter uma graduação em medicina, e agora, mais de 25 anos depois, ela ainda está trabalhando para proporcionar uma vida melhor para os idosos.

No último ano, quando o Cantonment Rotary Club começou a planejar seu 60º projeto anual de serviços à comunidade, Jacobi sugeriu que fossem consideradas as necessidades dos idosos. O clube endossou.

No Scenic Hills Country Club, na última quarta-feira, 26/02/2009, o Cantonment Rotary Club presenteou o Council on Aging of West Florida com uma van provida de acesso para cadeira de rodas, para uso pelos adultos que particitam de seu programa de atenção diária com a saúde.

A van avaliada em US$ 42,000.00 tem espaço para duas cadeiras de rodas e mais oito passageiros. A van foi entregue ao Conselho algumas semanas atrás e Sandie Holtry, diretor do programa disse que já havia tido bastante uso.

Os participantes do programa passam dias no Conselho. Usando a van, os participantes podem realizar viagens até o The Zoo Northwest Florida, ao Gulfarium, ou outras atrações locais, disse Jeff Nall, port-voz do Council on Aging.

“A facilidade é grande; é muito interessante mudar de ambiente de vez em quando”, disse Nall

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 05/03/2009 - 18:33 , em

Toda quinta-feira David Bullington faz uma pausa em seu trabalho como corretor de empréstimos hipotecários e visita a A. Brian Merry Elementary School com um objetivo em mente: ajudar os alunos daquele educandário a melhorar a leitura. Ele usa como ferramenta para atrair o interesse das crianças, o jogo de leitura chamado Language Detective.

Ele é um dos quarto membros do Augusta West Rotary Club que trabalha com alunos do terceiro e quinto graus, como parte da iniciativa de Rotary International de incentivo à leitura.

Nove alunos foram escolhidos por seus professores, para o programa, no início do ano escolar, basedo em suas necessidades de ajuda extra.

Mr. Bullington passa uma hora por semana trabalhando com três alunos do quinto grau, lendo e interpretando estruturas de sentenças e gramática.

“Quando nós chegamos aqui, não estamos usando nosso tempo livre”, disse ele. “Quando nós estamos juntos, nós trabalhamos. Nós lemos e discutimos sobre livros, trabalhamos sobre a gramática com o jogo Language Dective, e trabalhamos nas áreas onde as crianças estão mais fracas. Meu objetivo é mostrar a elas que ler é um prazer.”

Os Rotarianos também focam na preparação dos alunos para a leitura nos testes do   Critério Referenciado de Competência, disse a mentora do programa Kathy Tuckey, presidente eleita do Clube.

Fonte: Augusta Chronicle.com

Enviado por Luiz Carlos em Ter, 03/03/2009 - 18:16 , em

Os Companheiros Joper Padrão do Espirito Santo, Governador 2001-02 do Distrito 4570 do Rotary International e Coordenador da Comissão da Imagem Pública do Rotary Tijuca  e o Companheiro Bemvindo Augusto Dias, Governador 91-92 do Distrito 4540 do Rotary International e Chairman da Comissão Distrital da Fundação Rotária do Distrito 4570 do Rotary International divulgam oportunidades de bolsas de estudos patrocinadas por Rotary International e pela The Rotary Foudation, de Rotary International. Seguem instruções a respeito. 

No mundo dos negócios existem profissionais e empresários que acreditam ser possível investir na construção da paz. Dentre esses, destacam-se os Rotarianos. Uma dos caminhos que esses líderes adotam para atingir de forma pragmática seus objetivos é proporcionar a oportunidade para a formação de novos talentos que estejam aptos e se apresentem como candidatos para uma das 110 Bolsas concedidas pela Fundação Rotária para os cursos de Mestrado (60 oportunidades) e de Aperfeiçoamento Profissional (50 vagas)  em um dos 6 Centros Rotary de Estudos Internacionais na Área de Paz e Resolução de Conflitos, abrangendo 7 Universidades.

Nesse sentido, estão abertas as oportunidades para o ano letivo de 2010. A data-limite para as inscrições é 1º de junho de 2009 e os interessados poderão obter maiores informações visitando o sítio do Rotary Club Rio de Janeiro Tijuca, na Internet, acessando www.rotarytijuca.com.br > links > Distrito 4570 > Fundação Rotária > Bolsas Rotary pela Paz Mundial e Resolução de Conflitos > Informações para se Inscrever, por e-mail dirigido para joperpadrao@oi.com.br ou bemvindo@bemvindoseguros.com.br ou, ainda, em visita às reuniões sempre às quartas-feiras, das 12:30 às 13:30 hs, no Salão do segundo andar do Tijuca Tênis Clube, à Rua Conde de Bonfim, 451 – Tijuca, RJ.

As inscrições são gratuitas e os candidatos precisam ser apresentados à Comissão Distrital de seleção por um dos Rotary Clubs atuantes na localidade mais próxima de sua residência ou trabalho.

Os candidatos devem possuir:

  • Forte compromisso com a paz e compreensão mundial, demonstrado por intermédio de conquistas acadêmicas, profissionais e pessoais, e de participação em atividades de prestação de serviços comunitários
  • Ter nível superior completo ou experiência profissional comprovada e bom desempenho acadêmico
  • Para o certificado de aperfeiçoamento profissional: mínimo de cinco anos de experiência em posição de responsabilidade (nível médio ou alto). Para o curso de mestrado: mínimo de três anos de experiência na área, seja em empregos remunerados ou não
  • Para o curso de mestrado: proficiência em um segundo idioma. Para o certificado de aperfeiçoamento profissional: proficiência em inglês
  • Excelente capacidade de liderança.

Informe-se e divulgue mais esta atividade do Rotary. Realize seu Sonho!

Enviado por Luiz Carlos em Ter, 03/03/2009 - 11:18 , em

O que é o ProjectLINK

ProjectLINK é um banco de dados online de projetos comunitários de prestação de serviços de Clube e Distrito que necessitam de financiamento, voluntários, mercadorias e/ou parceria em projeto de Subsídio Equivalente da Fundação Rotária. ProjectLINK também lista projetos em andamento ou já concluídos para servirem de exemplo. O internauta pode fazer busca de projeto por país, tipo, requisitos, status (se aberto ou concluído) ou por palavras-chave. Atualizado mensalmente, ProjectLINK é acessado pelo site do Rotary International (http://www.rotary.org).

Como cadastrar um projeto no ProjectLINK

Rotary Clubs que procuram assistência para determinado projeto devem preencher o ProjectLINK - Formulário de Inscrição de Projeto em Busca de Assistência e enviá-lo à sede mundial do RI ou ao escritório internacional local do RI.

  • Até cinco projetos ao mesmo tempo podem ser cadastrados em ProjectLINK pelo mesmo patrocinador.
  • O projeto fica cadastrado por dois anos.
  • O projeto pode ser substituído por outro antes de dois anos, ou ser retirado por alguma razão, como por exemplo, conclusão da iniciativa.
  • Pode-se solicitar financiamento, parceria em Subsídio Equivalente, serviços voluntários e doação de mercadorias.

Projeto já concluído ou em andamento, que não mais precise de assistência, pode ser divulgado através do ProjectLINK por meio da entrega ao RI, ou ao escritório internacional, do formulário Community Projects Database - Formulário de Inclusão de Dados de Projeto. Não há limite quanto ao número de projetos nessa categoria que podem ser colocados em ProjectLINK.

Como apoiar projeto divulgado em ProjectLINK

Escolhido o projeto de seu interesse no ProjectLINK, o clube passa então a se comunicar diretamente com o contato do projeto.

Contribuição enviada por cheque deve ser feita em nome do Rotary International, mencionando no próprio cheque o número do projeto (WO####) de forma legível.

  • Contribuição em dólares americanos deve ser acompanhada do WCS Remittance Form (formulário de doação) e enviada a Rotary International, 14255 Collections Center drive, Chicago, IL 60693.
  • Contribuição em dólares canadenses deve ser acompanhada do WCS Remittance Form (formulário de doação) e enviada a Rotary International, Box B9330, P.O. Box 9100, Postal Station F, Toronto, Ontario M4Y 3A5.
  • Solicita-se a doadores de outros países que façam sua contribuição através do escritório internacional ou agente financeiro que atende à respectiva área.

Recursos

Os seguintes recursos estão disponíveis:

http://www.rotary.org/pt/ServiceAndFellowship/Projectresources/ProjectLINK/Pages/ridefault.aspx

Para saber mais, contate:

RI Programs Division

Rotary International

1560 Sherman Avenue

Evanston, Illinois 60201 3698 EUA

Tel: +1 847-866-3000

Fax: +1 847-866-6116

Email: programs@rotary.org

Site: www.rotary.org

Enviado por Luiz Carlos em Sex, 27/02/2009 - 16:21 , em

Não esqueça! Agora você pode colaborar mais facilmente para erradicar a pólio no mundo, doando US$ 5,00 por meio de seu telefone celular. É fácil! Basta digitar uma mensagem SMS com a palavra "POLIO" e enviar para o número 90999. Este procedimento enviará a doação diretamente para a campanha Rotary's US$200 Million Challenge

Esta doação será debitada na conta telefônica de seu telefone celular. Dependendo da operadora, poderá ser cobrada alguma taxa adicional pelo envio de mensagens de texto. Este procedimento resultará em um benefício para a Fundação Rotária e será coletado pela Mobile Giving Foundation. O serviço está disponível para a maior parte das operadoras de telefonia celular. Caso deseje, sua doação poderá ser cancelada a qualquer momento, bastando para tanto digitar o texto "STOP" e encaminhá-lo para o número 90999. os termos e condições gerais encontram-se no site www.mgive.com/a.

Até o momento este serviço está disponível apenas nos EUA, para a mior parte das operadoras.

Caso sua localidade ainda não tenha o serviço disponível, você poderá US$ 5,00 ou quantia maior, online.

Enviado por Luiz Carlos em Sex, 27/02/2009 - 15:40 , em

Em cada uma das 28 salas de discussão os participantes foram divididos em grupos de quatro Governadores de Distrito eleitos, os quais listaram suas idéias.

Algumas idéias coincidiram em diversas listas apresentadas pelos grupos. Por exemplo, virtualmente todos incluiram como objetivo de Rotary, erradicar a pólio do mundo, até 2019. Alguns participantes sugeriram que os Rotarianos venham a celebrar o 50º aniversário da erradicação da pólio

Outro ponto que sempre esteve entre os mais cotados nas listas, foi o aumento do quadro associativo. Alguns gostariam de ver um total de 1,5 milhões de membros nos Clubes de todo o mundo, daqui a 10 anos, enquanto outros projetavam um aumento do quadro associativo para 2 milhões de Companheiros.

Cerca de seis grupos gostariam de ver a população feminina em Rotary atingir metade do número de Companheiros, no futuro, enquanto outros grupos diziam que as mulheres deverão representar cerca de 30% da força de Rotary. Vários grupos apontaram que esperam ver uma mulher como presidente de RI até 2019, ao passo que mais de um grupo acredita que duas mulheres poderão ser Presidente de RI até lá.

Os Governadores entrantes também apontaram a necessidade de atrair jovens para os quadros de Rotary. As idéias para viabilzar a atração de jovens incluem flexibilidade crescente nos Clubes, ou nas estrutura das reuniões, chegando a ser sugerido que as reuniões aconteçam fora do horário das refeições e que sejam oferecidas condições financeiras adequadas para aumentar a participação.

Os Governadores eleitos permanecem firmemente empenhados na missão de Rotary International. Muitos deles querem a observação de um foco continuado com ênfases na água, saúde e fome, e educação. Um grupo sugeriu que "os altos padrões éticos do Rotary devem permear todos os segmentos da sociedade".

Os participantes também desejam ver a organização mais envolvida com a paz no mundo. Pelo menos uma dezena de grupos deseja ver o Rotary se tornar melhor conhecido por seu trabalho para melhorr o meio-ambiente.

Outras idéias apontadas pelos grupos de discussão incluem: melhorar e dar mais exposição à imagem pública de Rotary; que o Rotary seja reconhecido como uma possibilidade de escolha para redes de negócios; desenvolver mais Clubes centrados nas Novas Gerações; admitir maior número de membros familiares nos Clubes; aumentar os níveis de colaboração com os governos pelo mundo, com vistas a metas humanitárias; estimular o Rotary a vencer o Prêmio Nobel da Paz.

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 26/02/2009 - 14:09 , em