Rotary RJ Ilha do Governador

O Rotary Faz a Diferença

O Rotary RJ Ilha do Governador recebeu do Companheiro Joper Padrão do Espírito Santo, Coordenador de Imagem pública do Rotary Clube Tijuca, a mensagem que segue abaixo transcrita, sobre os resultados alcançados com a Ajuda Humanitária a Vítimas das Catástrofes no Rio de Janeiro e em Niterói.

O Rotary RJ Ilha do Governador congratula-se com a campanha realizada.

"O Programa de Ajuda Humanitária Psicológica, conduzida pela Dra. Ana Zampieri, do Rotary Club de Butantã, São Paulo, atuou em Niterói, nos dias 1º e 2 de Maio, em regime de tempo integral, na capacitação de mais de 50 profissionais fluminenses em técnicas de ESTRATÉGIAS GRUPAIS EM CATÁSTROFES PARA PREVENÇÃO DE ESTRESSES PÓS-TRAUMÁTICOS. Esse Programa, empreendido com apoio de Rotary Clubs de vários Estados brasileiros, atuou com pleno sucesso nas enchentes de Santa Cantarina e Maranhão. São empresários e profissionais voluntários de Rotary Clubs das Cidades de São Paulo , Brasília, Blumenau, Goiânia e Rio de Janeiro, que se deslocam para localidades atingidas por catástrofes de grande magnitude e prestam esse serviço gratuitamente a profissionais locais dessa formação (psicologia) para que, então, possam prestar assistência às vítimas.
As seqüelas aparentemente invisíveis, trazem conseqüências dramáticas para os que são atingidos pelas catástrofes e, também, para aqueles que atuam no socorro e nas ações subsquentes aos acontecimentos. Assim, o Programa de Ajuda Humanitária Psicológica PAHP, proporciona conhecimentos para a prevenção primária para o que se denomina de Transtornos de Estresses Pós-Traumáticos - TEPT. Depois de algum tempo (de quatro meses a até quatro anos), sintomas de TEPT se manifestam em crianças, adolescentes, adultos e idosos. São, por exemplo, dificuldades de aprendizagem e concentração; problemas nas áreas do sono e da alimentação; quadros de pânico e de depressão; uso abusivo de álcool e de drogas; atitudes de perda de fé e esperança na vida, idéias e tentativas de suicídio entre outros quadros psicológicos e psiquiátricos.
O Programa de Ajuda Humanitária, coordenado pela Prof.ª Dra. Ana Maria Fonseca Zampieri, do Rotary de Butatã (SP) no que tange ao corpo científico, tem em seu grupo profissional, psicólogos, médicos e especialistas, mestres, doutores e pós-doutores, com formação em Sociodrama Construtivista de Reconstrução em Catástrofes, Debriefing, Manual Grupal Integrativo, EMDR e Terapia Familiar Sistêmica. Juntos, profissionais da psicologia atendem a grupos específicos de crianças, adolescentes, adultos e idosos, além de bombeiros, militares e médicos do SAMU. As intervenções, com planejamento estratégico piramidal começam com atendimentos em grupos pequenos, que favorecem a triagem para as pessoas mais afetadas, que receberão atendimentos individuais. Estas ESTRATÉGIAS GRUPAIS EM CATÁSTROFES PARA PREVENÇÃO DE ESTRESSES PÓS-TRAUMÁTICOS foram aplicadas em Blumenau, SC, e São Luiz, MA, recentemente.
A capacitação inclui o treinamento de 20 horas, para psicólogos, da rede pública e do grupo de voluntariado rotariano, para a manutenção dos atendimentos à população. Com a ação no Rio de Janeiro o Programa de Ação Humanitária Psicológica, ultrapassa o contingente de 100 profissionais qualificados e empenhados nesse tipo de ação humanitária (39 profissionais em Santa Catarina/ Blumenau; 39 de Guaraciaba; 19 no Maranhão e 50 profissionais fluminenses em Niterói).
O Rotary Club RJ Tijuca cumpre, mais uma vez, com a sua Missão na sociedade: Construir pontes de amizade, proporcionando oportunidades e fomentando o ideal de servir, ao promover as ações que resultam no sucesso desse Programa no Rio de Janeiro.
O programa resultou da ação conjunta dos Rotary Clubs de Butantã (SP), Barueri-Alphaville (SP), Blumenau (SC), Tijuca (RJ), Niterói - Norte (RJ) e Icaraí (RJ) e com o apoio do Exército de Salvação, todos voluntários irmanados na construção da paz e da compreensão entre as pessoas."

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 06/05/2010 - 11:51 , em

Os representantes no Conselho de Legislação endossaram na terça-feira o conceito de um novo tipo de Rotary Club - o clube satélite, que permitiria a associados potenciais se tornarem rotarianos através de um clube anfitrião enquanto aguardam que o clube satélite tenha associados suficientes para ser fundado.

Os representantes votaram em favor de solicitar ao conselho diretor do RI que proponha uma legislação sobre a criação de clubes satélites e a apresente no próximo conselho de legislação. Este tipo de clube seria diferente dos clubes provisórios pelo fato de não haver limite de tempo para sua existência antes de ser fundado. Além disso, seus associados seriam considerados associados representativos do clube anfitrião até o clube satélite ser fundado.

"Clubes provisórios muitas vezes desaparecem antes de serem fundados, pois seus associados perdem interesse pelo Rotary e não retornam", disse John C. Williams do Distrito 1150 (País de Gales). "Mas se um clube satélite falhar, há muito mais chance de os rotarianos permanecerem no clube anfitrião."

Contudo, propostas para criar novas categorias de associados foram rejeitadas.

Fonte: Arnold R. Grahl - Notícias do Rotary International - 27 de abril de 2010

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 29/04/2010 - 14:14 , em

Nos seus 76 anos de existência, o Conselho de Legislação evoluiu de uma simples sessão plenária na Convenção para um órgão legislativo completamente independente.

Logo que foi criado, na convenção de 1933, o conselho assessorava os participantes a rever as emendas e resoluções propostas para a convenção anual.

Ele se reuniu pela primeira vez como parte da convenção de 1934 em meio a dificuldades dos rotarianos que lidavam com uma recessão mundial, ameaças à paz mundial e desemprego crescente.

Na convenção de 1954, os rotarianos decidiram estabelecer intervalos mais longos entre as sessões legislativas e adotaram uma estrutura bienal de votação de emendas e resoluções. Assim, o debate seguinte de propostas de legislação ocorreu na Convenção Internacional de 1956.

Em 1970 foi decidido que o conselho não mais deveria ser um órgão consultivo, mas sim um órgão legislativo oficial do RI, avaliando emendas ao Estatuto e Regimento Interno do RI e os Estatutos Prescritos para o Rotary Club. Quatro anos mais tarde, foi decidido que o conselho deveria se reunir a cada três anos, ainda durante a convenção. Finalmente, em 1977, foi aprovada uma emenda que permitia ao conselho reunir-se independentemente, e não mais como parte da convenção.

Os avanços tecnológicos também tiveram impacto profundo no conselho. Na década de 70, os delegados usavam fones de ouvido bem grandes para ouvir a interpretação das sessões em seu idioma. Hoje eles têm acesso a equipamentos compactos de interpretação e vários intérpretes trabalham em cabines na lateral da câmara do conselho. A votação eletrônica foi realizada pela primeira vez em 2001.

Durante décadas o conselho debateu e avaliou literalmente todas as nuances das diretrizes do RI e cada detalhe das regras de quadro associativo e presença. Apesar dos rotarianos nem sempre concordarem com as decisões, uma coisa é certa: o Conselho de Legislação é o principal agente de mudanças do Rotary, permitindo que a organização avalie sua relevância no mundo atual, refletindo mudanças de estilo de vida, prioridades, tecnologia e negócios.

Fonte: Notícias do Rotary International - 22 de abril de 2010

Enviado por Luiz Carlos em Ter, 27/04/2010 - 15:22 , em

Jennifer Lee Atkin, do Rotary International News, informa hoje, 26 de abril, que depois de mais de uma hora de debates os representantes distritais ao Conselho de Legislação 2010 de Rotary International, votaram que os e-clubes passam a ser parte permanente do Rotary International.

A medida foi aprovada por 430 votos contra 85, tendo recebido aplausos.

Mais detalhes podem ser encontrados no site de Rotary International, aqui.

Enviado por Luiz Carlos em Seg, 26/04/2010 - 19:30 , em

A partir de ontem, 10 de abril, a Rede Vida passa a veicular, por oito Sábados consecutivos, o Projeto Multidistrital Rotary Brasil 2. Os programas serão levados ao ar às 21:30hs (horário de Brasília) e mostrarão as realizações dos Rotarianos em 12 dos 38 Distritos de todo o território nacional.
A Rede Vida pode ser acessada como canal aberto em todas as 27 capitais de Estados e nas 443 principais cidades brasileiras. Também é exibida pelos canais 26 da NET, 73 da TVA, 3 da TEC SAT e ainda por outras operadoras como: Mastercabo (canal 6), Tech Cable (canal 10), TV Show(canal 35), TV Alphaville (canal 7), Net Angra (canal 99), Pontal Cabo (canal 7), TV Cabo (canal 21), TV a Cabo CTBC (canal 12), Cabo TV Natal (canal 37), Big TV (canal 9), Net Jangadeiro (canal 24), Via Cabo (canal 96), Mais TV (canal 39).
O programa do dia 10 se iniciou com a entrevista com o Diretor do Rotary International Antonio Hallage, e a exibição de importantes projetos humanitários desenvolvidos por Rotarianos brasileiros.
As pessoas interessadas em assistir ao programa de ontem em arquivo eletrônico poderão solicitá-lo por mensagem para o Fale Conosco do Rotary Club RJ Tijuca visitando www.rotarytijuca.com.br.

Joper Padrão do Espirito Santo
Governador 2001-02 do Distrito 4570 do Rotary International
Coordenador da Comissão da Imagem Pública do Rotary Club RJ Tijuca

Enviado por Luiz Carlos em Dom, 11/04/2010 - 20:03 , em

03 de março de 2010 aconteceu a tradicional Festa Prtuguesa do Rotary RJ Ilha do Governador.

Festa das mais concorridas, abrilhantada pelo Grupo Folclórico Almeida Garret, da Casa da Vila da Feira e Terras de Santa Maria, que brindou todos os presentes com alegres e descotraídas músicas do repertório folclórico lusitano. Não faltou a sempre esperada integração entre os membros do Grupo e os presentes, que se aventuravam em alguns passos da música portuguesa.

O jantar muito bem preparado, à base de bacalhau, trouxe o sabor da culinária portuguesa para todos os presentes.

Na ocasião, foi homenageado o imigrante português Joaquim Fernandes de Frias, próspero empresário do ramo de panificação e confeitaria, radicado na Ilha do Governador, com sua Confeitaria Majestosa.

Joaquim chegou ao Rio de Janeiro em agosto de 1959, começando logo a trabalhar em uma padaria, até conseguir amealhar os trocados que permitiram montar seu próprio negócio. O imigrante foi homenageado pela Presidente do Rotary RJ Ilha do Governador, Desembargadora Eunice Ferreira Caldas, que ofereceu um diploma e uma placa alusivos à ocasião.

Ao final da festa aconteceu entrega de brindes para a mulher que portava o mais belo chale português e para o homem mais bem caracterizado.

A seguir, o vídeo do evento.


Enviado por Luiz Carlos em Dom, 04/04/2010 - 15:45 , em

Sim, mais uma Festa Portuguesa, com certeza! A festa de 2010, promovida pelo Rotary RJ Ilha do Governador em homenagem à colônia portuguesa da Ilha do Governador acontecerá no próximo dia 30, terça-feira, a partir da 21:00 horas, no Salão de Festas Novos Ventos do Iate Clube Jardim Guanabara.
Na ocasião o Rotary Ilha estará homenageando o cidadão lusitano Joaquim de Figueiredo Frias, próspero empresário insulano, representando toda a colônia lusa.
Haverá apresentação do tradicional Grupo Folclórico Almeida Garret, da Casa da Vila da Feira e Terras de Santa Maria, sorteio de brindes e cardápio tradicional luso.
Compareça! Traga seus familiares para agradável momento de companheirismo e integração.

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 25/03/2010 - 19:28 , em

O programa Rotary Brasil, veiculado pela Rede Vida, apresenta diversos projetos de Rotary, realizados em todo o Brasil.
Veja o vídeo.

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 18/03/2010 - 10:59 , em

Embora as Nações Unidas tenham designado o dia 22 de março como o Dia Mundial da Água, os Rotarianos do mundo todo estão atentos a essa questão 24 horas por dia, 7 dias por semana.
O Rotary tem o compromisso de ajudar a alcançar a Meta de Desempenho do Milênio das Nações Unidas, que busca uma redução de 50% no número de pessoas com acesso insuficiente a água potável e saneamento, uma crise que ceifa mais de dois milhões de vidas anualmente, a maioria crianças. De 1978 a 2009, a Rotary Foundation concedeu 4.923 financiamentos totalizando US $52,7 milhões para projetos sanitários e de tratamento de água no mundo todo.
Em 22 de março, o Rotary participará de uma conferência sobre o Dia Mundial da Água em Washington, organizada conjuntamente pela National Geographic Society e a Water Advocates. Entre os palestrantes, estará a secretária de estado Hillary Clinton.
O Rotary é uma organização de serviços humanitários com 33.000 clubes em mais de 200 países, com um total de mais de 1,2 milhões de membros. A organização é especializada em personalizar projetos para atender às necessidades das comunidades. Os Rotarianos envolvidos nas questões de água e saneamento patrocinarão uma Reunião Mundial Sobre a Água em Montreal, no dia 19 de junho, um dia antes do Presidente do Rotary, John Kenny, iniciar a Convenção Internacional do Rotary de 2010. Desde que assumiu o cargo em julho de 2009, Kenny priorizou as questões de água e saneamento para os Rotary Clubs.
Mais exemplos do envolvimento do Rotary com as questões de água e saneamento:
- Três Rotary Clubs em Colorado, Wyoming e Nebraska reuniram-se a um Rotary Club da Guatemala para implementar um sistema de água em duas vilas rurais nas montanhas da região sudeste da Guatemala. Completado no final de 2009, o projeto agora fornece água para 85% dos moradores da área.
- Na República Dominicana, Rotarianos de 120 clubes nos Estados Unidos, Canadá e no Caribe ajudaram a levar 19.000 filtros bioativos de areia para 300 comunidades, fornecendo água limpa para 100.000 pessoas. O uso dos filtros pode reduzir a incidência de diarréia pediátrica em até 45%.
- Desde 2006, os Rotary Clubs em Gana, Estados Unidos, Canadá e Suíça têm trabalhado com as organizações Ghana Health Services e Carter Center, esta última com sede nos EUA, para perfurar e instalar poços em mais de 75 vilas e cidades de Gana, reduzindo muito a incidência de doenças causadas pela água em todo o país.

FONTE: Rotary International - 15/03/2010
CONTATO: Wayne Hearn do Rotary International, +1-847-866-3386; wayne.hearn@rotary.org
<

Enviado por Luiz Carlos em Qua, 17/03/2010 - 20:41 , em

Aconteceu hoje, dia 03/10/2009, pela manhã, na Escola Especial Rotary Club, apoiada pelo Rotary RJ Ilha do Governador, a entrega solene de 10 (dez) cadeiras de rodas para deficientes físicos, 1 (uma) cadeira de rodas para deficiente cerebral e 1 (um) carrinho de bebê para criança portadora de deficiência física.

O evento contou com a presença da Sub-Diretora da escola, Professora Elaine, da Presidente Eunice Ferreira Caldas, do Rotary RJ Ilha do Governador e de Companheiros Rotarianos do Clube, ocasião em que os Companheiros e Amigos do Rotary RJ Ilha do Governador que doaram os equipamentos foram homenageados com um diploma alusivo, entregue pela Presidente Eunice.

O vídeo a seguir registra o momento da entrega de diploma.

Enviado por Luiz Carlos em Seg, 05/10/2009 - 10:20 , em