Rotary RJ Ilha do Governador

O Rotary Faz a Diferença

Aqui está o Boletim Semanal N° 6 do Rotary RJ Ilha do Governador, período 2010-2011.

Caso não consiga visualizá-lo, basta clicar aqui para lê-lo em formato de texto corrido.

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 16/09/2010 - 19:20 , em

Ryan Hyland  escreveu em Notícias do Rotary International, de 13 de setembro de 2010, a seguinte matéria sobre a nova Avenida de Serviços em Rotary - A Novas Gerações. Segue abaixo a íntegra da matéria. 

"Este ano, o mês das Novas Gerações tem um novo significado para o Rotary. 

O compromisso de aumentar a participação dos jovens no Rotary foi fortalecido em abril, quando representantes no Conselho de Legislação aprovaram as Novas Gerações como a quinta Avenida de Serviços. Saiba mais.   

O presidente do RI, Ray Klinginsmith, disse que a nova Avenida de Serviços aumenta o valor dos programas pró-juventude e seu impacto no futuro do Rotary.  

"O Conselho queria certificar-se de que os clubes estavam dando atenção adequada aos programas voltados às novas gerações", explicou Klinginsmith. "Os rotarianos querem estar à frente e reconhecer a importância desses programas. Os jovens não são importantes apenas para o futuro do Rotary, mas para nossas comunidades e para o mundo todo.  

Os Serviços às Novas Gerações reconhecem que as atividades para desenvolvimento da capacidade de liderança, projetos humanitários e programas de intercâmbio contribuem para que os jovens realizem mudanças positivas no mundo, enriquecendo e promovendo a paz mundial e a compreensão de diferentes culturas. Os programas do Rotary voltados aos jovens são: RYLA, Rotaract, Interact e Intercâmbio de Jovens.  

"Nós temos os melhores programas pró-juventude do mundo", comenta Klinginsmith. "Só precisamos dar a eles maior visibilidade". 

"Este mês nos dá a chance de celebrar a nova Avenida de Serviços", explica Vicki Puliz, presidente da Comissão de Serviços às Novas Gerações do Distrito 5190 (EUA).  

"A notícia do Conselho de Legislação foi recebida com muito entusiasmo pelos rotarianos de nosso distrito", conta Puliz. "Estamos aproveitando esta oportunidade para enfatizar o modo como o RI vê as novas gerações e sua importância. É mais um motivo para falarmos ainda mais com nossos clubes sobre os programas pró-juventude".  

Quase todos os clubes do distrito de Vicki Puliz estão envolvidos em pelo menos um dos quatro programas pró-juventude.   

"Concentrar nossos esforços nos jovens é crucial para que o Rotary prospere e sobreviva", afirma. "É uma das razões pelas quais temos projetos dedicados à alfabetização e ao ensino de habilidades de liderança e conceitos de ética para os jovens."  

Ela recomenda que todo clube forme uma Comissão de Serviços às Novas Gerações. "Descobrimos que comunicação e coordenação são muito importantes aos nossos programas pró-juventude", diz Puliz.   

Com esta decisão, o Rotary passar a ter cinco Avenidas de Serviços: Internos, Profissionais, à Comunidade, Internacionais e às Novas Gerações. Antes de iniciar um projeto, os rotarianos devem analisar como seus clubes e associados podem contribuir a cada uma delas.  

Klinginsmith diz que os melhores clubes são aqueles em que há um equilíbrio nas atividades relacionadas às Avenidas de Serviços.    

"Clubes fortes estão envolvidos em todas as cinco Avenidas de Serviços", ele informa. "Aqueles que não tem programas voltados aos jovens estão deixando de lado uma parte essencial do Rotary."

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 16/09/2010 - 19:20 , em

Leia o Boletim Semanal N° 4 do Rotary RJ Ilha do Governador, período 2010-2011.

Caso não consiga visualizá-lo, basta clicar aqui para lê-lo em texto corrido.

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 16/09/2010 - 19:10 , em

Leia o Boletim Semanal N° 3 do Rotary RJ Ilha do Governador, período 2010-2011

Caso não consiga visualizar, basta clicar aqui .

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 16/09/2010 - 19:05 , em

Leia o Boletim Semanal N° 2 do Rotary RJ Ilha do Governador, período 2010-2011.

Caso não consiga visualizar, basta clicar aqui.

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 16/09/2010 - 19:00 , em

Aqui está o Boletim Semanal nº 1 do período 2010-2011.

Caso não consiga visualizar, basta clicar aqui para abrir.

Enviado por Luiz Carlos em Qui, 16/09/2010 - 18:55 , em

O Rotary Clube de Santos participou ativamente do Mc Dia Feliz 2010, ajudando a Casa Ronald McDonalds e as crianças portadoras de neoplasia.

Parabéns Rotary Clube de Santos!


Enviado por Luiz Carlos em Qui, 09/09/2010 - 14:02 , em

Desde pequena, a astronauta e ex-bolsista da Fundação Rotária Naoko Yamazaki era fascinada pelo espaço. De sua casa, na cidade de Matsudo, Japão, ela costumava passar as noites olhando para as estrelas. Com o passar do tempo, filmes como Guerra nas Estrelas e lançamentos de ônibus espaciais transmitidos pela televisão despertaram ainda mais seu interesse.

“Por causa desses programas, eu achava que no futuro todos nós iríamos fazer viagens espaciais", conta Yamazaki, que é a segunda mulher japonesa a se tornar astronauta. 

Ela já passou mais de 360 horas no espaço como parte da equipe do ônibus espacial Discovery. Em abril, serviu como especialista da missão STS-131 à Estação Espacial Internacional, viagem que teve um significado especial para ela. “Fiz parte da equipe que desenvolveu a estação", ela explica. "É algo impressionante, principalmente se considerarmos que mais de 15 países, inclusive o Japão e os Estados Unidos, ajudaram em sua construção."

A oportunidade de trabalhar em projetos internacionais como bolsista em 1994-95 contribuiu para a escolha de sua profissão. Ela estudou robótica espacial na University of Maryland, EUA, patrocinada pelo Rotary Club de Matsudo Chuoh, Japão. Ao conhecer alunos de todo o mundo, ela se surpreendeu ao perceber que eles sabiam mais sobre o Japão e a cultura japonesa do que ela. A experiência a ensinou muito, não apenas sobre seu próprio país, mas também sobre a importância de se ter um ponto de vista objetivo, o que ela acredita ser relevante para seu trabalho como astronauta.

“Você pode aprender muito sobre a Terra ao analisá-la de longe", diz Yamazaki.

Durante o período de sua bolsa, ela também aprendeu sobre a importância de comunicação, preparação e trabalho em equipe. Estas aptidões foram essenciais no início de sua carreira aeronáutica, em 1996, na Agência Nacional de Desenvolvimento Espacial do Japão (NASDA).

“No espaço, comunicação é essencial. O mesmo acontece ao estudarmos no exterior, principalmente quando temos que nos comunicar em outro idioma", diz Yamazaki.

A preparação para seu voo espacial levou cerca de 10 anos e incluiu treinamentos no Canadá, Japão, Rússia e Estados Unidos. Depois disso, ela passou sete meses na Rússia para se qualificar como engenheira de voo para a nave espacial russa Soyuz.

Desde seu retorno à Terra, Yamazaki tem participado de diferentes atividades, como visitas a centros da NASA, participação em encontros técnicos e promoção de relações públicas.

“A Estação Espacial operará até 2020 e espero ter a chance de voltar", ela diz.

Fonte: Maureen Vaught - Notícias do Rotary International - 01/09/2010; Artigo escrito para o Reconnections.

Enviado por Luiz Carlos em Sex, 03/09/2010 - 19:30 , em

Boletins Semanais Período 2010-2011

 Boletim nº 01  Boletim nº 02  Boletim nº 03  Boletim nº 04
 Boletim nº 05  Boletim nº 06  Boletim nº 07  Boletim nº 08
 Boletim nº 09  Boletim nº 10  Boletim nº 11  Boletim nº 12
 Boletim nº 13  Boletim nº 14  Boletim nº 15  Boletim nº 16
 Boletim nº 17  Boletim nº 18  Boletim nº 19  Boletim nº 20
 Boletim nº 21  Boletim nº 22  Boletim nº 23  Boletim nº 24
 Boletim nº 25  Boletim nº 26  Boletim nº 27  Boletim nº 28
 Boletim nº 29  Boletim nº 30  Boletim nº 31  Boletim nº 32
 Boletim nº 33  Boletim nº 34  Boletim nº 35  Boletim nº 36
 Boletim nº 37  Boletim nº 38  Boletim nº 39  Boletim nº 40
 Boletim nº 41  Boletim nº 42  Boletim nº 43  Boletim nº 44
 Boletim nº 45  Boletim nº 46  Boletim nº 47  

Enviado por Luiz Carlos em Qua, 01/09/2010 - 16:00

Domingo, 29 de Agosto de 2010. Essa foi a data de realização do Fórum do Rotary RJ Ilha do Governador, sobre Divulgação da Imagem Pública de Rotary. O evento foi presidido pelo Companheiro Sérgio Maurício Fabri, presidente no período 2010-2011. A Comissão de Divulgação da Imagem Pública de Rotary é presidida pelo Companheiro Luiz Carlos Dias.

O Fórum possibilitou aos Companheiros de 7 (sete) clubes do Distrito 4570 presentes, aproveitarem a oportunidade para acompanhar a brilhante palestra feita pelo EGD Joper Padrão do Espírito Santo, do Rotary Clube RJ Tijuca. Os debates foram coordenados pelo Moderador, Companheiro José Ferreira dos Santos, do Rotary RJ Ilha do Governador, que os conduziu de forma muito organizada e objetiva, em proveito de todos.

A palestra do EGD Joper abordou aspectos importantes no que se relaciona com a exposição pública de organismos em geral, traçando oportuno paralelo entre pessoas e organizações corporativas. Lembrou ele, que no mundo globalizado em que vivemos, todos, empresas e pessoas, devem estar constantemente preocupados com sua imagem, como forma permanente de se mostrar mais competitivos e poder fazer frente a seus concorrentes.

Segundo o EGD Joper, todos os Rotarianos precisam ter em mente Rotary como uma organização vinculada direta, ou indiretamente, ao mundo dos negócios e que, faz-se necessário e conveniente que nossa organização busque formas de estar cada vez mais perto da sociedade em geral, divulgando suas ações e iniciativas. Lembrou ainda que tais ações devem sempre ter em mente o crescimento do quadro de associados dos clubes, pois essa é a forma mais objetiva de continuar prestando bons serviços, ou seja, com a renovação do quadro, logo, com renovação das ideias.

Diversos Companheiros presentes participaram ativamente da sessão de debates, ocasião em que foram tratadas abordagens as mais diferentes com relação à divulgação da imagem pública de Rotary. O EGD Joper colocou suas posições com relação a cada uma das questões levantadas, com posições claras e objetivas sobre cada uma das colocações feitas.

Como conclusão do Fórum foi registrado que a Divulgação da Imagem Pública de um Rotary Clube é cada vez mais importante nos dias de hoje, tomando-se sempre o cuidado de que as inciativas não deixem margem a comprometer os trabalhos dos clubes, em decorrência de ações que não possam levar às comunidades tudo aquilo que se pensa ou se propõe.

A foto acima apresenta o momento em que o presidente Sérgio Fabri homenageou o palestrante EGD Joper com Diploma registrando sua participação no Fórum.

Após a realização do Fórum seguiu-se agradável momento de Companheirismo, constando de almoço com suculento cozido preparado pelo Companheiro Hélio Capella e sua equipe. Estiveram presentes 75 (setenta e cinco) pessoas, entre Rotarianos, parentes e convidados.

Assim, o Rotary RJ Ilha do Governador, mais uma vez, uniu a oportunidade de tarnsmissão de importante Instrução Rotária, com momentos de Companheirismo, o "motor" do Rotary para seus projetos.

Enviado por Luiz Carlos em Seg, 30/08/2010 - 12:44 , em