Rotary RJ Ilha do Governador

O Rotary Faz a Diferença

Conselho de Legislação 2016 aprovou propostas que dão mais flexibilidade aos clubes

O Conselho de Legislação (COL) de 2016 certamente será lembrado como o mais progressista da nossa história. Não apenas os delegados votantes aprovaram propostas para dar mais flexibilidade aos clubes quanto a reuniões e quadro associativo, como também aprovaram um aumento da cota per capita de US$4 por ano, pelo período de três anos. Com este aumento conseguiremos aprimorar o nosso website e ferramentas digitais, e acrescentar programas e serviços que visem o aumento do número de associados.

A cada três anos, representantes de todos os distritos rotários se reúnem em Chicago para o COL, evento essencial à governança do Rotary. Os participantes votam propostas para alterar normas que regem a nossa organização e seus clubes membros, sendo que as propostas aprovadas entram em vigor no dia 1° de julho em seguida ao COL.

A tônica do evento deste ano na flexibilidade teve início com duas propostas do Conselho Diretor, que foram aprovadas. A primeira contempla que, desde que os associados se encontrem no mínimo duas vezes por mês, eles podem variar o horário de suas reuniões, decidir quando cancelá-las e se elas serão presenciais ou pela internet. A segunda dá liberdade aos clubes para escolherem suas próprias regras e requisitos de quadro associativo.

Foi também aprovada a substituição de seis critérios de quadro associativo constantes dos Estatutos do Rotary por um requisito bem simples: o rotariano tem que ser somente uma pessoa de bom caráter e de boa reputação em sua ocupação profissional ou na comunidade que tenha o desejo sincero de servir.

O aumento de US$4 das cotas per capita foi baseado na previsão financeira de cinco anos, que apontou que se o Rotary não aumentasse as cotas ou não fizesse cortes drásticos, até o ano de 2020 suas reservas ficariam abaixo do nível exigido. A cota per capita a ser enviada pelos clubes ao RI será US$60 em 2017-18, US$64 em 2018-19 e US$68 em 2019-20. Caberá ao próximo COL avaliar as cotas novamente.

“Estamos vivendo uma época em que temos que pensar seriamente no nosso futuro”, enfatizou o vice-presidente do RI, Greg Podd. 

Podd disse que o aumento das cotas permitirá ao RI aprimorar as páginas do Meu Rotary, criar recursos para os clubes, simplificar a apresentação de relatórios por parte de clubes e distritos, expandir o acesso dos rotaractianos ao nosso site, aprimorar nosso sistema e oferecer uma experiência melhor de Rotary aos associados.

Outras decisões importantes tomadas no COL:

  • Um Conselho de Resoluções se reunirá anualmente para considerar recomendações ao Conselho Diretor do RI. Seus membros servirão por três anos e participarão do Conselho de Legislação no último ano do seu mandato. O Conselho de Resoluções permitirá ao COL se concentrar mais nas propostas de emenda, que têm o poder de alterar os documentos estatutários do Rotary. Os proponentes estimam que o COL será reduzido em um dia por não ter mais que considerar propostas de resolução, significando uma economia de US$300.000.
  • Os rotaractianos poderão continuar no seu clube e também se associar a um Rotary Club. A razão para aprovar a respectiva proposta foi que pouquíssimos rotaractianos (cerca de 5%) acabam se associando a um Rotary Club. O motivo para tal é que muitos não querem sair do seu Rotaract Clubs antes da época devida, que é quando completam 30 anos de idade. Esperamos, com esta medida, aumentar o número de jovens líderes no Rotary.
  • A distinção entre clubes tradicionais e e-clubs foi eliminada. Como os clubes passaram a se reunir de formas variadas, o COL decidiu que tal distinção se tornou desnecessária. Os clubes que têm o termo “e-club” em seu nome poderão mantê-lo.
  • A referência à taxa de admissão será retirada do Regimento Interno. Os proponentes argumentaram que esta referência não contribui à imagem de um Rotary moderno.
  • Foi criada uma comissão permanente para tratar assuntos do quadro associativo. e a erradicação da pólio foi reafirmada como sendo meta da mais alta prioridade para nós.

Saiba mais sobre o

Enviado por Luiz Carlos em Sáb, 23/04/2016 - 10:56 , em