Rotary RJ Ilha do Governador

Rotary a Serviço da Humanidade

Araribóia

Araribóia
 Indígena brasileiro, nascido na Ilha de Paranapuã, hoje Ilha do Governador, era filho de Maracajá Guaçú, cacique da tribo dos índios Temiminós, que viviam nesta ilha.

Não consta data exata em que os portugueses fizeram o primeiro contato com os Temiminós, tornando-os amigos e aliados. calcula-se que Araribóia tenha nascido por volta de 1524 e seu nome significa "cobra feroz" ou "cobra das tempestades".

Em 1554 chegaram os franceses que se aliaram aos Tamoios, inimigos dos temiminós. Os Tamoios viviam na região onde hoje se localizam os bairros da Glória, Catete e Flamengo.

Os franceses e os Tamoios expulsaram os portugueses e os Temiminós que fugiram para o Espírito Santo. Em 1560, Mem de Sá combate, com ajuda de Araribóia, os franceses e os Tamoios que, derrotados, conseguem escapar refugiando-se no continente. Em 1564, com Estácio de Sá combate na tomada da fortaleza Uruçumirim, na hoje Praia da Glória e depois destaca-se como herói na Batalha de Paranapecu, trecho da Ilha do Governador que ia da Ponta do Galeão até as Flexeiras.

Entre 1565 e 1567, é batizado pelos Jesuítas, tendo adotado o nome cristão de Martin Afonso de Souza. Somente em 1567, com a derrota das forças franco-Tamoios, foram os franceses afastados da Baía de Guanabara. Em 1567, o Governador da Capitania do Rio de Janeiro, Estácio de Sá, é ferido mortalmente por uma flecha envenenada, no rosto, vindo a falecer. Mem de Sá, Governador Geral do Brasil, nomeia para substituí-lo, seu outro sobrinho, Salvador Correia de Sá.

Araribóia tornou-se o primeiro brasileiro, ilhéu, com serviços prestados à Coroa Portuguesa. por ter praticado atos heróicos, foi agraciado pelo Rei de Portugal, Dom Sebastião, com o título de Capitão-Mor, recebendo o hábito da Ordem de Cristo e a tença de doze mil réis anuais. Dom Sebastião honrou-o, ainda, com um traje completo de seu uso pessoal, numa demonstração de apreço, raras vezes concedida pelo Rei.

Em 1573, Araribóia tomou posse na sesmaria, doada por Mem de Sá, ocupando a região de São Lourenço e Caraí (Icaraí). A aldeia dos Temiminós, de Araribóia, extinta em 26/01/1866, deu origem à cidade de Niterói. Araribóia morreu afogado em 1857, no Rio de Janeiro, nas proximidades da Ilha do Fundão.

Em 24/01/1965 foi lançada a pedra fundamental de um futuro monumento a Araribóia, que nunca chegou a ser levantado. A pedra fundamental foi colocada na esquina da Rua Ipirú com Praia da Bica. Na placa encontra-se a seguinte inscrição: Pedra Fundamental - Homenagem a Araribóia - Século XXIV - I - MCMLXV - IV Centenário. Cidade do rio de Janeiro.

 

 

Enviado por Luiz Carlos em Qua, 14/06/2006 - 09:32